Blog >

Educação Física Escolar em tempos de pandemia

Educação Física Escolar em tempos de pandemia

Autor : Marco Aurélio Rodelli

Com a pandemia, o mundo se viu repentinamente obrigado a ficar em casa, e as escolas se reinventaram para garantir a continuidade do ensino por meio das ferramentas tecnológicas. A Educação Física Escolar, que já caminhava com novas metodologias, também se reinventou, buscando garantir o bem-estar físico dos adolescentes  e crianças.
O professor de Educação Física, Marco Aurélio Rodelli, do Colégio Liceu Botucatu (ensino infantil, fundamental I e II, ensino médio) tem levado aos alunos aulas on line pela plataforma Plurall.
Com atividades e brincadeiras, é possível desenvolver as capacidades motoras das crianças, explica o professor Marquinho. “Mesmo neste período de quarentena, em que estamos em casa, nós conseguimos trabalhar o que é preciso, brincar e nos divertir. Mesmo vivendo esse momento tão delicado, conseguimos algo de muito valor que é juntar a família. Em algumas aulas, os alunos brincam com os pais, avós, enfim, com quem estiver em casa. Essa união é muito importante para a criança.  Temos também aulas teóricas, em que trabalhamos a BNCC regras ”.

A disciplina Educação Física também possui a parte teórica, que leva os alunos à reflexão sobre diversos assuntos relacionados a esportes e bem-estar. “Uma vez por semana, as aulas são sobre diferentes assuntos, como treinamento funcional (cada aluno faz as atividades práticas sugeridas de acordo com sua rotina e horário), sedentarismo, benefícios da atividade física para a saúde mental, como o corpo reage à quarentena, cuidados com a alimentação, a importância do bom sono. Postura, lesões esportivas, benefícios da caminhada, esportes paralímpicos também são assuntos abordados nas aulas”.

É importante ressaltar que a Educação Física, mesmo em casa, promove a sensação de bem-estar, uma vez que com a pandemia e a quarentena as crianças ficam estressadas e com isso podem desencadear vários problemas como a ansiedade e até depressão. “Quando a criança brinca e faz exercícios físicos de que gosta, é liberada a endorfina, um hormônio produzido na glândula hipófise, gerando a sensação de bem-estar no organismo. Isso está diretamente ligado ao relaxamento. Nosso dever é levar às nossas crianças e adolescentes um momento mais relaxante, diante da rotina estabelecida por toda essa situação. O que a educação física escolar proporciona, além do trabalho motor no corpo, é também o benefício ao aprendizado e à formação do caráter por meio de valores, contribuindo para que a criança cresça, aprendendo a respeitar regras, espaços e limites, tanto seus quanto dos seus amigos”.
As aulas de Educação Física são importantes em todos os segmentos, pois elas promovem o desenvolvimento integral do aluno, a vida saudável, a socialização, o espírito de equipe e a prática do esporte. A Educação Física Escolar promove a liberdade cognitiva e emocional dos estudantes para a aprendizagem”.